12 de março de 2010

Infindável existência

Escutar o disco

Desejo!

Chega ao final, procura outro e não acha.

Igual aquele, não.

Um dia de sol que se fecha.

E a chuva fina, lá fora, cai.

Escuta de novo.

O mesmo clima!

Único!

Possível para este dia.

Suspende-se.

E, por dentro,

Chora.

2 comentários:

  1. Oieee, tudo bem?
    Primeiro gostaria de agradecer pela visita ao blog e pelos comentários! Seja sempre bem-vinda!
    E à propósito, adorei o seu também! uahauhauahua
    Já estou até seguindo!
    Bom que a gente vai trocando figurinhas!
    Um grande beijo!!!

    Marina Almeida

    ResponderExcluir
  2. OLha que lugarsinho lindo meigo e doce em cada palavra, eu gostei muito e já sigo!
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir